Entre Bloggers Literários: [TAG] Natal em Livros!

Olá leitores!

Me recuso a comentar sobre minha ausência. Acho que todo mundo compreende que fim/início de mês é uma verdadeira loucura e conciliar compra de presentes + decoração de casa + viagens + imprevistos + visita à parentes + leituras + blog + … é bem complicado e a listá não para por aí. Se bem que essa parte do ano é muito gostosa, sinto que todo mundo se aproxima mais do outro, mantém mais relações e consagra o grande sentido disso tudo.  Pensando no Natal, a querida da Gabi – Frases Perdidas, por meio do grupo Entre Bloggers Literários, criou uma TAG bem especial unindo todos os elementos que caracterizam esse período especial. Sim, estou atrasada nas respostas e espero não perder meus pontos com vocês. ❤

Vamos lá?! 

banner tag natal

» Árvore de Natal – A Menina que Semeava

Um livro com capa bonita

Banner definitivo a menina que semeavaEssa capa, para mim não tem outra descrição além de: misteriosamente belíssima. Tenho uma pequena história com essa… história? hahah bem, com esse livro. Mesmo tendo sido uma decepção (digo isso até com dor devido a tamanha expectativa que coloquei nele) não posso deixar de indicá-la sempre como uma das mais bonitas da estante. Talvez considerando os traços da menina, o rosto singelo e a sinopse, diria que em termos de aparência esse livro ganha um 10.

» Ceia – A Guardiã da Minha Irmã

Um livro com enredo recheado

Banner definitivo a guardia da minha irma

Uma das minhas últimas leituras, não poderia deixar de citá-la aqui e com razão. Não quero contar tanto sobre, apenas deixá-los curiosos pela resenha. ❤ De qualquer forma, esse livro além de tocante, consegue transmitir diversos pontos de vista sobre uma mesma história, um mesmo conflito, e a mesma decisão que gira em torno de toda a trama. Capaz de te fazer mudar de ideia e imaginar um final diferente a cada 5 páginas, A Guardiã da Minha Irmã é uma boa pedida para quem está procurando reflexões e surpresas.

» Panettone – Se eu Ficar

Um livro amado por uns e odiados por outros

Banner definitivo Se Eu Ficar

Não pretendo me encaixar nem em um grupo, nem em outro. Jamais diria que cheguei a realmente amar Se eu Ficar, e muito menos dizer que o livro correspondeu a minhas expectativas. Porém seria um erro meu desconsiderar tamanha profundidade da história e as lições que a autora traz, então também não chego a odiá-lo. O escolhi porque certamente depois do lançamento do filme, surgiram várias opiniões positivíssimas e do mesmo modo, super negativas. Acho que cada um entrou na história com um pensamento, uma expectativa a ser superada ou ao menos cumprida, e em certos pontos a autora conseguiu, em outros não. Fica a pergunta: Você que já leu ou pretende ler, qual a SUA opinião? Para quem quiser entender um pouco mais da minha, pode conferir a Resenha que fiz no blog. Basta clicar aqui 😉

» “É pavê ou pacomê?” – A Cabana

Um livro que está abandonado na estante

Banner definitivo de A Cabana

Eu não sei como falar dele aqui, porque juro: nunca parei para prestar atenção. A capa sempre foi intrigante para mim, mas confesso que passava longe dos meus pensamentos lê-lo. Sei que deve tratar-se de uma história profunda, que requer certo amadurecimento do leitor – apenas disso sei.  Ganhei de um amigo, e o livro não está lá nas suas melhores condições (e esse é um belo eufemismo para a real condição física dele). As leituras foram ficando à sua frente e a vontade de mergulhar nessa ainda não me dominou. Tendo ainda vários livros por aqui, vou deixá-lo como meta na estante. Desse ano, não passa. De toda forma, amaria muito saber o que vocês pensam sobre A Cabana, e quem já leu, por favor diga o que achou nos comentários. Eu agradeceria muito! ❤

Para continuar a relembrar o gostinho do Natal e conferir o final da TAG, basta clicar aqui embaixo! 😀

Continuar lendo

Anúncios