Poetisa & Literária: [RESENHA] Um Caso Perdido, Colleen Hoover

Capa (1)Um Caso Perdido

Autora: Colleen Hoover 
Páginas: 383
Editora: Galera Record
1ª edição – 2014
Tradução: Priscila Catão
Estrelas:  ☆  ☆  ☆  ☆  ☆

Às vezes, descobrir a verdade pode te deixar com menos esperança do que acreditar em mentiras… Em seu último ano de escola, Sky conhece Dean Holder, um rapaz com uma reputação capaz de rivalizar com a dela. Em um único encontro, ele conseguiu amedrontá-la e cativá-la. E algo nele faz com que memórias de seu passado conturbado comecem a voltar, mesmo depois de todo o trabalho que teve para enterrá-las. Mas o misterioso Holder também tem sua parcela de segredos e quando eles são revelados, a vida de Sky muda drasticamente.

Um Caso Perdido é o primeiro  da série HOPELESS e foi um dos livros mais surpreendentes, avassaladores e emocionantes que já li este ano.  É daqueles que você devora em no máximo duas noites, e não te faz largá-lo até o ponto final. Me marcou e me abalou de uma forma  típica da Colleen, por já ter contato com a série Slammed [1.Métrica/2.Pausa] .

O livro é narrado em primeira pessoa, pela Sky Davis. Sky tem 17 anos e é  filha adotiva de Karen. Diferente de todos os outros adolescentes comuns, ela não mantém nem um tipo de “dependência” nem ao mesmo contato com internet, computadores, telefones nem nada do gênero. Sempre manteve também uma vida escolar em sua própria casa, e, prestes a completar 18 anos, deseja muda isso. Sky, mesmo aos protestos de Karen, decide passar seu último ano em  uma escola normal, com colegas… Normais? Não é bem assim que nossa protagonista é recebida. Ela já tem uma série de reputações mal formuladas por ser uma amiga íntima de Six, que mora em frente a sua casa. As amigas se conhecem a anos, e compartilham um ‘lema’: Garotos, e só. Compromisso? Nem pensar em pensar.

Bem, vou ser sincera: Nenhum livro narrado em primeira pessoa me atrai. Digo.. cof cof. Praticamente nenhum! Um Caso Perdido se encaixou nas exceções.  Colleen Hoover atribui uma narrativa jovem e cotidiana para Sky, que nos faz ser verdadeira amiga e também confidente dela.

10676650_744726595593131_687637847_o

 

Infelizmente, na véspera da primeira ida de Sky a um colégio, Six  fará um intercâmbio na Itália. Praticamente sozinha, a garota não vê outra saída senão encarar a realidade dos próximos dias. O primeiro a falar com ela é Breckin, um garoto que parece entender  sua “situação” escolar.  Assim se tornam muito amigos e passam a compartilhar tudo.

Tudo estava indo relativamente bem. Até que… Holder aparece em sua vida. Sky narra sua série de sensações a partir do momento em que o vê. Essa parte foi a única em que a personagem me decepcionou um pouco.  Ela fala de forma muito exagerada e repetitiva, dando ênfase a muitas coisas desnecessárias e isso se estende por várias páginas do livro. Se torna até um pouco “enjoativo” na terceira página e tive que pular alguns trechos para até então chegar no real foco da história.  Holder, como ela, já leva uma certa reputação e não faz do tipo aberto. Atraído apenas pela imensidão de coisas em comum, e uma conexão que nem um dos dois entendem (mas existe), eles se entregam um ao outro.

E, nossa! É aí que tudo começa a ficar completamente maravilhoso! Não por romantismo exagerado, não por trechos melosos, e uma união sem sentido. Mas sim, pela sinceridade que emana dos dois. Pela forte ligação que os mantém, mesmo com o passado de Sky, mesmo com a mudança horrenda de humor de Holder ( que com o passar do tempo vemos que não é bem assim ). Colleen Hoover nos deixam a par de tudo o que se passa com Sky, a medida que a personagem descobre novas coisas, nós também parecemos tão envolvidos nos acontecimentos quanto a mesma. A sucessão de descobertas, o mistério que engloba todo o livro a partir do encontro dos dois, não deixa a nada a desejar.  Chega em uma parte que você não sabe mais em quem ou em quê acreditar, e só lhe resta grudar nas páginas e chegar ao ponto final.

Em geral, o que me deixou muito, muito frustrada foi o fato da sinopse ( A QUE É APRESENTADA NO LIVRO ) não abordar nem um pouco a intensidade dele. A verdadeira história,essência e conflitos que vai se passar com a personagem, e… Nossa! A sinopse foi uma verdadeira decepção para mim. Muitas pessoas deixam de lê-lo ou até mesmo chegar ao final de uma resenha por causa das primeiras impressões do livro. Eu entendo. Se eu não tivesse lido tantas resenhas positivas e amar tanto a autora, eu descartaria Um Caso Perdido em uma livraria por causa da abordagem fútil da sinopse. Me deixou revoltada. Ufa! Precisava desabafar isso.

10723609_744726622259795_1110288620_n

Por fim: Todas querem um Holder. Sério. Por mais que inicialmente Sky tenha falado dele como um dos deuses gregos, não é a isso que nos apegamos. É, como já anteriormente dito, a ligação entre o casal. A forma como um é o alicerce do outro, e como ele leva a união adiante. Holder foi mais que um namorado para Sky, foi sua base. Quando  o mundo todo parecia completamente perverso e sem sentido, era ele quem colocava a nova cor em sua vida e lhe dizia exatamente o que era necessário.

Leiam, Leiam, Leiam! É, com certeza, uma das minhas obras preferidas agora.

Já leu? O que acha? ❤

Anúncios

15 comentários sobre “Poetisa & Literária: [RESENHA] Um Caso Perdido, Colleen Hoover

    • Oláá, Ana! Bom vê-la por aqui.
      Ah, sou uma fã inquestionável da Colleen Hoover, e eu não poderia deixar de apreciar a leitura deste também.
      Bem, pouquíssimos livros narrados em primeira pessoa me prenderam tanto quando Um Caso Perdido, portanto o recomendo perdidamente.
      Fico feliz por ter gostado da resenha! Tenho certeza que amará a leitura, e não se deixe enganar: Esse livro é muito mais do que parece ser.
      Um beijo e obrigada!
      Paula

      Curtir

  1. Uau! Que resenha inspirada e mais cheia de amor… rsrsrsr. Nunca li nada da autora embora eu queira muitoooo! Mas com certeza esse será o primeiro da minha lista! Adorei sua resenha, você retratou muito bem tudo o que o livro passa. E com relação a “sinopses” eu concordo plenamente com você! Algumas revelam demais e outras nos deixam com a sensação de que é só mais um livro…
    Sua resenha ficou perfeita! Bjokas…
    entreumlivroe-outro.blogspot.com

    Curtir

    • Olá, Anya! Senti sua falta por aqui, está melhor? 😀
      Opa, muitíssimo obrigada flor! Poxa, tenho completa certeza de que se ler, essa obra não irá de forma alguma decepcioná-la. Como eu citei no post, a minha decepção com ele foi a sinopse, que não estimula muito quem nunca leu algo da autora, muito menos algo relacionado ao livro. Mas ele realmente supera muitas e muitas leituras já que fiz este ano. Recomendo demais!
      Você é um amor!
      Um beijo e ótima semana.
      Paula

      Curtir

    • Olá, Eliana! Tudo ótimo, e com você?
      Esse livro realmente me ganhou por inteira. As lições que ela traz com tamanha força demonstrada pela Sky para aguentar todas as descobertas… Te faz repensar melhor no que você critica, ou se preocupa.
      Está favoritado com certeza, e acredite: Tive uma imensa vontade de lê-lo de novo logo após que acabei. Vai entender!
      Muito obrigada. ❤
      Uma ótima semana para você, beijo!
      Paula

      Curtir

  2. Oi, Paula ❤
    Peguei o marcador desse livro na bienal, mas confesso que não me chamou muito a atenção. A capa não parecia ser muito chamativa, e não fui atrás. Por isso, quando vi a resenha aqui, resolvi arriscar e conhecer um pouco mais sobre a história. E UAU, realmente parece ser interessante. Realmente, li a sinopse e não parece muito bom, mas a resenha deixa a entender que vale a pena. Espero ler em breve 😀
    Beijos e ótima semana!
    http://confissoesdeumleitor.wordpress.com/

    Curtir

    • Liaaah! Tão bom tê-la aqui.
      Ah, que bacana que conseguiu o marcador, adoraria tê-lo.
      Fico decepcionada por uma história assim se passar tão facilmente despercebida, e muita vezes, com primeiras má impressões 😦 Mas, como eu disse: Super entendo você e quem pensa assim! Fico feliz que tenha se interessado pela resenha, e agora, pelo livro ❤
      Espero que tenha a oportunidade de ler sim, e se o fizer, me procura contando o que achou, ein?! ❤ haha
      Um beijo linda! Suas visitas aqui são sempre incríveis.
      Paula

      Curtido por 1 pessoa

      • Aaah, é bom estar aqui *-*
        Sim, é triste quando você percebe que um livro muito bom não tem o destaque que você acha que merecia ter. O que nos resta é divulgar para todo mundo, em todo momento, e esperar que mais pessoas leiam e gostem, hehe. E sim, esse é o lado bom das resenhas! Às vezes você nem ao menos conhecia o livro, e passa a ter MUITA vontade de ler por uma resenha que encontrou. Por isso sempre confiro resenhas nos blogs 😀
        E pode deixar! Não sei se consigo ler tão cedo, que tenho todos aqueles livros na frente, esperando serem lidos, mas, assim que conseguir, volto e te digo o que achei ❤
        Outro beijo pra ti! E obrigada, também amo suas visitas no CDL 😀
        Ótima semana :3

        Curtir

  3. Oi Paula,
    Ah.. esse livro deixou cicatrizes na minha alma. Eu nunca vou esquecer de Sky. Poucas vezes uma narrativa me comoveu tanto, me fez soluçar e me surpreendeu tanto. Holder se tornou um dos meus personagens favoritos. E poxa, a sinopse eu nem li. kkk Na verdade, tenho esse hábito. Não ler sinopses. Sempre revelam pouco ou demais, nunca a medida certa. Ansiosa pelo próximo volume de Colleen.

    Beijos,
    Mari Siqueira
    Love Lovers Blog

    Curtir

    • Oi, Mari!
      Eu não tenho palavras para descrever o quanto esse livro me chocou, de verdade. Solucei, sorri, e solucei de novo. Holder é realmente incrível. Ele foi… Maravilhoso e real, em diversos aspectos. Isso o que mais me conquistou.
      Ah, já eu sou ao contrário. Não consigo ler o livro sem primeiro ter (quase) a obrigação de me interessar ao menos pela sinopse. Mas, vou rever meus conceitos, principalmente depois de Um Caso Perdido.
      Ansiosa para todos os outros livros dela! Essa autora é sinceramente: Fantástica.
      Muito obrigada por sua visita e dedicação aos comentários. Seja bem-vinda!
      Um beijo, Paula

      Curtir

  4. Pingback: Poetisa & Literária: [TAG] Meus livros, ninguém sai! | Paula Mirella, Poetisa & Literária

  5. Pingback: Poetisa & Literária: [TAG] Natal em Livros! | Paula Mirella, Poetisa & Literária

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s