[De minha autoria] – Paula Mirella

Brincos desbotados. Um vestido de estampa floral amarelo, que eu nunca esqueci. Um cinto azul tão quebra quanto todo o resto e… Ah. As sapatilhas. As sapatilhas vermelhas. O típico batom marrom e costumeiro sorriso colossal. Era mais ou menos dessas bonitezas que vestia-se a Lírio todos os dias.

Como lembrar tantos detalhes? Talvez, apenas talvez, eu tenha acompanhado essa garota há dias.  Quanto ao seu nome, eu demorei muito mais que dia para descobrir, então por favor: Não esqueça-o. Ah.. eu deveria saber. Está chegando a pergunta comum:  De onde vem tanto fascínio? Sinceramente? Eu não sei. O que aumentou minha contemplação foi ter o prazer de ouvi-la dar boas gargalhadas enquanto eu estudava meus inúmeros livros de medicina. Como eu pude ouvir estando em outro apartamento? Não, não me pergunte.

Talvez tenha sido só o destino levando aos meus ouvidos o que chegaria até mim de qualquer jeito.

  Paula Mirella

Anúncios

2 comentários sobre “[De minha autoria] – Paula Mirella

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s